Notícias

Com torre de batatas e mascote, lanchonete investe R$ 1,5 milhão para abrir franquia em SP

16 de setembro / Mundo Animal Lanchonete temática

Com tematização lúdica de selva e direito a mascote que circula pelo salão, protagoniza um pocket show e tem produtos licenciados, a rede gaúcha de franquia de lanchonetes temáticas Mundo Animal vai abrir a primeira unidade em São Paulo no próximo dia 16 de setembro. O espaço na zona sul da cidade tem 1,6 mil m², comportará 700 pessoas e é a 33ª loja da marca. O investimento foi de cerca de R$ 1,5 milhão.
 
A Mundo Animal foi fundada pelo empreendedor Ari Andrade da Silva, em 2011, em Capão da Canoa (RS), mas ainda era bem diferente do que é hoje – embora já tivesse uma tematização que remetia à selva. Em 2018, a empresa entrou no mercado de franquias e passou a se chamar M&A Franchising. Além disso, Silva ganhou dois novos sócios, Marcos Gundel e Jian Lorenzetti.
 
Ari Andrade, Marcos G?ndel e Jian Lorenzetti, s?cios da M&A Franchising (Foto: Divulga??o)
Ari Andrade, Marcos Gundel e Jian Lorenzetti, sócios da M&A Franchising (Foto: Divulgação)
 
No mesmo ano, os três sócios e a diretora de marketing, Gisele Vam Beck, reformularam o conceito da empresa, de olho em tendências de experiências atreladas ao consumo. Assim, as lanchonetes passaram a ganhar pocket shows diários, um espaço kids e o personagem Leonel, que está presente em todas as unidades e inclusive inspirou produtos licenciados que são vendidos nos restaurantes.
 
Os garçons também ganharam novos uniformes e passaram a ser chamados de Guias Safaris. “Estar nesse nicho de mercado nos permitiu inovar muito, e grandes players desse setor, como Disney e Cirque du Soleil, são sempre fontes de inspirações para que o aperfeiçoamento seja constante”, explica Gisele.

Com a reformulação e a entrada no setor de franquias, o faturamento dobrou entre 2018 e 2019 e passou para mais de R$ 52 milhões. Só no ano passado foram inauguradas 17 unidades. Em 2020 foram abertas quatro e há previsão de mais seis até o final do ano. Além do Rio Grande do Sul, a Mundo Animal já tem unidades no Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

 

Prato da Mundo Animal (Foto: Divulga??o)

Prato da Mundo Animal (Foto: Divulgação)

 

Marcos Gundel, um dos sócios, diz que já existem mais 40 pontos contratados para implantação em todo o país até 2022. De acordo com ele, mais de vinte inaugurações foram adiadas devido à pandemia. “A cidade de São Paulo é um mercado com enorme potencial. Nossos estudos apontam para 20 unidades de grande porte na cidade nos próximos 3 anos”, afirma. O investimento inicial para ter uma franquia da marca é estimado em R$ 600 mil, mas a rede avisa que pode haver variação de até 30% para mais ou para menos.
 

Ambiente da Mundo Animal (Foto: Divulga??o)

Ambiente da Mundo Animal (Foto: Divulgação)

 

Os pratos têm nomes como Elefante, Rinoceronte, Leão, Girafa e Zebra. A iguaria com a maior saída, no entanto, é a torre de batatas fritas, conhecida como Batatão. Ela acompanha diferentes tipos de carnes, molhos e recheios.

A primeira loja em São Paulo será uma franquia e deve gerar cerca de 50 empregos, segundo os empreendedores. Na inauguração, a capacidade será limitada, para atender aos protocolos sanitários, e os clientes não poderão acessar algumas das atrações, como o espaço kids.

Nos últimos meses, a rede se aventurou em tentar levar a experiência do restaurante para o delivery, com embalagens coloridas e interativas. Além disso, com a reabertura das lojas, Leonel e sua turma foram responsáveis pela conscientização dos clientes, que são chamados de desbravadores dentro da história contada pela Mundo Animal.
 
“É importante ressaltar que as nossas lanchonetes são amplas e com mesas reservadas, estilo camarote, o que já proporciona segurança para quem nos visita. Mas reforçamos ainda mais o distanciamento intercalando mesas e toda a equipe de colaboradores foi treinada para manter a segurança própria e dos clientes”, afirma a diretora de marketing.
 
Acesse a matéria original clicando aqui.

 

Voltar